Quando-o-Exibidor-se-reinventa-e-vai-muito-além-da-pipocaa

Quando o Exibidor se Reinventa e Vai Muito Além da Pipoca

Artigo originalmente publicado em LFMORAU.COM

Os cinemas se multiplicam em todo o mundo.

Então o que fazer para se tornar diferente?

Alguns Exibidores decidiram oferecer mais que grandes filmes e, com comida e bebidas criaram o conceito “Dinner and Movie ou Cinema dine-in”.

A variedade de opções e iniciativas é grande e aumenta a cada ano, tendo uma discussão de bastidores de quem foi a ideia original. Isso é algo que não trataremos neste artigo, mas sim as possibilidades que possam ser replicadas na América Latina e, em especial, o Brasil.

Agora o cinéfilo pode decidir pelo tipo de conteúdo ou perfil gastronômico.

A opção principal seria assistir seu filme ou degustar seu prato favorito?

Neste caso, ambas!

Os restaurantes de cinema realmente explodiram nos EUA nos últimos anos e segundo os dados da NATO, os cinemas que oferecem uma variação da tradicional noite no cinema são parte de uma tendência crescente que está capturando uma audiência mais nova com programação original e eventos gastronômicos.

O número de cinemas que servem comida e bebidas é relativamente pequeno – menos de 700 dos 5700 teatros nos EUA, mas é um dos segmentos que mais cresce na indústria.

Um importante ponto a se destacar foi o maior crescimento do faturamento 2016 da bomboniere em relação ao crescimento 2016 da bilheteria, onde o primeiro cresceu 10,9% e o segundo 8,8%.

Isso se deve a ampliação do autoatendimento e alimentos e bebidas.

A rede Americana Alamo Drafthouse é uma das favoritas do público e um dos nomes que tem se destacado nesse campo. O Alamo abriu em 1997 com uma única tela em Austin, e no seu primeiro dia, o cinema exibiu um show musical para uma casa repleta. No segundo dia, apenas três pessoas apareceram, mas eles persistiram com seleções de filmes, cervejas e comida e assim conquistou um seguimento leal. Mais cinemas abriram, no Texas e em todo os EUA.

Em 2010, a empresa lançou Drafthouse Films, distribuindo principalmente filmes estrangeiros e documentários, que exibe em seus cinemas. O objetivo é atrair os clientes para as suas salas com Star Trek e outros blockbusters e também filmes mais alternativos.

Vale o destaque para a IPic em NY, que oferece desde uma bebida no seu sofisticado lounge, sentar-se para uma refeição de vários pratos no seu restaurante, ou ao apagar das luzes ser conduzido à sua poltrona para assistir ao filme do momento, com uma refeição primorosa, que te tão boa o cinéfilo vai ser perdoado por passar um bom tempo olhando para o prato.

Outras redes de cinema não servem apenas comida e bebidas, mas adequam seu menu ao conteúdo exibido na tela, criando um calendário de eventos preliminares e pós exibição, indo da música ao vivo à seção de fotos com os astros da garotada. Tudo em conformidade ao filme que protagoniza todas às ações e promoções.

Importante destacar que boa parte das iniciativas acontecem em salas de cinemas com conteúdo alternativo e fora do circuito comercial, mas existem também as salas que exibem blockbusters.

Os dez principais cinemas que servem bebidas alcoólicas e alimentos nos EUA

  1. Studio Movie Grill – Alto padrão de jantar no cinema com assentos de luxo, reservados com antecedência, e um menu completo e bar para se assistir um filme.
  2. Nitehawk Cinema – Ao contrário de outros cinemas, os assentos são de quem chegar primeiro, o que significa que as salas são liberadas 30 minutos antes da exibição começar. Neste meio tempo, o cinema oferece uma experiência única de pré-exibição. Além de seus preços serem mais baixos do que outros cinemas de luxo, tornando-se um ótimo lugar para desfrutar de um filme, uma refeição e algumas bebidas.
  3. Showcase SuperLuxe – Com um menu completo, bar completo e assentos reclináveis, este cinema é excelente. Com o toque de um botão, um garçom ou garçonete será chamado e trará uma deliciosa comida enquanto se desfruta os filmes mais recentes.
  4. AMC Dine-in – AMC criou uma luxuosa cadeia para assistir filmes e jantar, disponível em todo os EUA, com uma ampla variedade de conteúdo cinematográfico, para toda a família, casais ou cinéfilos solitários.
  5. Cinemas iPic – Com 15 locais em todo os EUA é uma das mais luxuosas redes de cinema dine-in. O ápice do luxo é o seu assento VIP, para o cinéfilo poder sentar com os pés para cima e ter alguém servindo alimentos e bebidas enquanto assistir ao filme mais recente enrolado em um cobertor.
  6. Cinépolis – Começando no México, e fazendo o seu caminho para locais na Flórida e Califórnia, Cinépolis oferece três tipos de opções de cinema, dependendo de quão luxuoso o cinéfilo quer que sua experiência seja. O mais luxuoso tem assentos totalmente reclináveis, garçons que oferecem comida durante o filme, e um bar completo para escolher. Eles também têm visualização 3D, o que torna a experiência ainda melhor.
  7. Alamo Drafthouse – O cinéfilo aprecia muito a pré-exibição sem anúncios ou comerciais. Há também a possibilidade de fazer o pedido sem falar com o garçom, basta anotar o desejado em um cartão, e o atendente retira o pedido e, em seguida, traz a comida. O cinéfilo não é distraído por garçons ou propagandas.
  8. Frank Theaters Cine Bowl e Grille – Para uma experiência mais ativa, Frank Theaters Cine Bowl e Grill também oferece pista de boliche. O cinéfilo pode jogar antes e depois de ver um filme, além de desfrutar de um bar completo, bem como um restaurante durante a participação em qualquer uma destas atividades.
  9. Marcus Theaters – Marcus oferece diversas opções de refeições para os frequentadores do cinema, onde se pode desfrutar do café, longe, drinques, Pizza e o tradicional jantar durante o filme. Há opções para todos, sem desapontar ninguém.
  10. Movie Tavern – Outro cinema com poltronas confortáveis , jantar de luxo, e bebidas servidas durante o filme, tudo com excelentes preços. Talvez o melhor deste cinema, é o fato de que eles oferecem café-da-manhã nos fins de semana até 10:30h.

 

E no Brasil, como os Exibidores estão se mobilizando?

Nós temos algumas iniciativas gastronômicas isoladas, mas ainda sem solução de continuidade ou um planejamento de mercado mais estruturado.

Vários Exibidores estão avaliando suas características geográficas e o perfil dos seus cinéfilos, para decidir por investir ou não em ações contínuas e estruturadas, pois estar dando certo nos EUA não dá garantia de que será um sucesso no Brasil.

Na Europa existem eventos muito criativos e, também é muito comum as redes de cinema oferecerem promoções de cinema + jantar, mas fruto de parcerias entre salas de cinemas e restaurantes tradicionais, cada qual na sua especialidade.

 

Qual o modelo que se aplica por aqui?

Temos que considerar que 95% das nossas salas de cinema estão dentro de Shopping Centers e estes locais possuem grande concentração de restaurante, tornando a iniciativa “cinema dine-in” sem sentido.

O caminho por aqui passa por algo mais abrangente, respeitando às características regionais e criando um conceito de Centro Gastronômico de Entretenimento, onde o complexo cinematográfico faz o papel de âncora para iniciativas gastronômicas e eventos de entretenimento. Tudo isso fora do ambiente do Shopping Center, que começa a dar sinais de esgotamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *