Sobre a Quanta DGT

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Agência Nacional do Cinema (Ancine) financiaram a iniciativa mais ampla já realizada para a digitalização do parque exibidor cinematográfico brasileiro, através de recursos providos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

O crédito foi concedido pelo BNDES por meio da Linha de Digitalização que é um dos eixos do Programa Cinema Perto de Você, uma iniciativa conjunta do BNDES, Ministério da Cultura, Ancine e FSA para ampliar o mercado interno de cinema e acelerar a implantação e modernização de salas no Brasil, facilitando o acesso da população às obras audiovisuais.

A digitalização das salas de cinema permitiu uma enorme redução dos custos operacionais e criação de novas oportunidades, o que está permitindo a geração de receita adicional para os exibidores, pela possibilidade de implantação de novos modelos de negócios, como a exibição de shows, espetáculos, eventos esportivos e corporativos ao vivo, reduzindo a ociosidade das salas e aumentando suas taxas de ocupação.

A Quanta DGT atuou na operação como agente integrador, responsabilizando-se pela aquisição à vista e a instalação dos equipamentos com o apoio dos prestadores de serviços.

Os recursos do FSA foram garantidos por meio do fluxo futuro de pagamento por cópia virtual pelos distribuidores (virtual print fee) e o aluguel dos equipamentos.

E por esta razão, a Quanta DGT construiu uma parceria estratégica com a Arts Alliance Media (AAM), uma das maiores integradoras com contratos de virtual print fee do mundo com atuação em cinema digital.

Além disso, a Quanta DGT atua com exclusividade no desenvolvimento de campanhas no formato Lobby Domination, da empresa belgo-americana BARCO e é a principal fornecedora de serviços de monitoramento dos ativos das salas de cinema no Brasil.